Testamos TODAS as flavours do Ubuntu 22.04 LTS: Existe uma melhor?



✅ Baixe o ThinLinc gratuitamente: https://bit.ly/ThinLincDiolinux
🔴 Vídeo no Diolinux Clips sobre o ThinLinc: https://youtu.be/L_gA-fRfBV4

Ser uma flavour oficial do Ubuntu é uma “honraria” concedida por um board técnico da Canonical para apenas algumas distribuições Linux, atualmente são apenas 7, Kubuntu, Lubuntu, Ubuntu Studio, Ubuntu Kylin, Ubuntu MATE, Ubuntu Budgie e Xubuntu. Vamos descobrir quais são os benefícios de ser uma flavour oficial do Ubuntu, e analisar em benchmarks a performance delas, para entendermos se existe alguma que pode ser considerada como “melhor”.

👑 Seja membro do canal: https://diolinux.com.br/play
📩 Receba novidades no seu Email: http://diolinux.com.br/newsletter
⭐ Conheça o nosso trabalho: https://diolinux.com.br/links
🎤 Nosso PodCast: https://diolinux.com.br/diocast
🎮 Nosso canal de Lives de games: https://diolinux.com.br/live
🛒 Nossa loja (na Lolja): https://diostore.com.br

📬 Contato comercial: [email protected]

📎 𝗙𝗼𝗻𝘁𝗲𝘀 𝗲 𝗟𝗶𝗻𝗸𝘀:
‣ Review Ubuntu 22.04 LTS: https://youtu.be/jDubF0TVtzs
‣ Review Kubuntu 22.04 LTS: https://youtu.be/iYYBrI1bDBc
‣ Review Lubuntu 22.04 LTS: https://youtu.be/juXiGZT1xwU
‣ Review Ubuntu Studio 22.04 LTS: https://youtu.be/duVEF5NSEoI
‣ Review Xubuntu 22.04 LTS: https://youtu.be/vzC0y8gupaA
‣ Review Ubuntu Kylin 22.04 LTS: https://youtu.be/WvtIQxLUNv4
‣ Review Ubuntu Budgie 22.04 LTS: https://youtu.be/jlE1_2h5EcA
‣ Review Ubuntu MATE 22.04 LTS: https://youtu.be/KFUqIDm9kiA

#linux #ubuntu #opensource

31 thoughts on “Testamos TODAS as flavours do Ubuntu 22.04 LTS: Existe uma melhor?

  1. Bem-feito é melhor que perfeito. Perfeito não existe, pois sempre se agrada a alguns e desagrada a outros. Sei que tu não tem nada a ver com isso, mas é normal o Zorin OS demorar tanto pra lançar uma nova versão depois do lançamento da LTS do Ubuntu? Teu canal continua sendo fonte de inspiração pra eu continuar estudando tecnologia. Muito Obrigado!

  2. Acho que abandonar, não. Mas melhorar o gerenciamento dos Snaps com uma ótima loja e visual diferenciado (estilo Windows 11, por exemplo) já alavancaria e muito a reputação – para usuários desktop – da tecnologia desenvolvida pela Canonical. E opcionalmente poderiam colocar durante a instalação ou nas configurações a opção para habilitar instalação de Flatpaks através dessa mesma loja desenvolvida. Essa já seria também uma atitude humilde e aberta da parte da Canonical, mostrando que sua tecnologia é superior e não se abala com uma alternativa concorrente.

  3. Depois do Review do mate, eu passei a usar ele, uso ele em um Celeron e tô muito satisfeito, como órfão do Ubuntu com unity, eu gosto muito do layout contemporâneo, vejo muito do Ubuntu antigo nessa flavour

  4. Melhor flavor do ubuntu é você somente você não utilizar o original com o gnome, negócio mesmo pelo menos para mim foi ir para o lado arch da força temos distros muito legais e nao fiquem atrelados ao manjaro temos outras tb muito boas endevour os, arco, garuda (meu preferido) e o proprio arch

  5. Dio, esse teste de várias distros e seu comentário no fim do vídeo falando sobre "computador mediano" me lembrou de uma velha dúvida que eu tenho:

    Quando fui baixar o Big Linux pra testar, me deparei com duas opções, uma com o kernel 5.10 (para melhor compatibilidade com equipamentos antigos) e outra com o kernel 5.15 (para melhor compatibilidade com equipamentos novos). Quando eu olhei pra isso eu entendi que pra um pc como o meu (um i5-3330) eu deveria baixar a versão 5.10, mas quando parei pra refletir eu cheguei em uma questão interessante. O que seria "antigo" do ponto de vista de software? Porque quando eu olho pra um i7-8700 eu ainda vejo como um baita processador e bem atual, ainda que tenha sido lançado há 5 anos. Do ponto de vista do kernel, esse seria um hardware antigo ou novo? Qual é a régua utilizada? Como eu posso identificar isso facilmente?

  6. Vou deixar minha opinião, depois de muito tempo e de muitas derivações do Ubuntu, eu consegui chegar em uma que me agrada.

    fiquei por muito tempo utilizando o Linux Mint Cinnamon, porem quando eu fui colocar no meu PC principal aqui em casa.

    Eu usava Linux Mint não porque achava o Linux mint a melhor distro de Linux mas pelo simples motivo de que eu me acostumei com a interface gráfica do cinnamon e por esse motivo entendia que o linux mint para mim era o melhor linux.

    Foi nesse momento de descobri que na verdade o que importa para mim é a interface gráfica e a distro, ao entender isso eu procurei e achei o Ubuntu cinnamon e com ele eu consegui unir o útil (atualizações mais recentes do Ubuntu) ao agradável (interface gráfica cinnamon), desde então estou usando ela no PC e estou bem satisfeito.

    Agradeço muito ao linux mint pelo tempo que usei mas daqui para frente irei utilizar o Ubuntu cinnamon

    Agradeço também ao canal por me ajudar a achar a distro que estou usando depois de assistir e instalar na minha maquina virtual diversas distros até achar o Ubuntu Cinnamon, continue com esse trabalho que é muito bom.

Leave a Reply

Your email address will not be published.